Fotos da fachada

28/07/2007

fachada-2.jpgFachada 1 

Estas são as primeiras imagens do prédio da biblioteca. Um imóvel localizado na principal rua de Itu (Floriano Peixoto), próximo à delegacia central e em frente a um posto de combustível e uma loja de conveniência 24 horas.

A frente do imóvel é pequena (cerca de 5 metros) mas a casa é comprida e as duas salas, que certamente eram os dois quartos no passado, são bastante amplas e altas, assim como a sala maior onde serão realizadas as oficinas, palestras e cursos.

Esperamos que seja um espaço bastante aproveitado pelos amantes da cultura, estudantes, professores, leitores, ecritores, poetas e aqueles que desejam dar os primeiros passos no mundo da leitura e dos livros, além de crianças e idosos que sempre serão muito bem-vindos.

Localização

26/07/2007

A Biblioteca Comunitária está localizada no centro da cidade de Itu, SP. É uma casa antiga porém bem conservada e aos poucos está sendo adaptada para seu adequado funcionamento.

Serão duas salas para acervo (numa delas ficará também a recepção e em outra haverá mesas para leitura) e uma terceira sala para palestras, cursos, oficinas e reuniões.

Muitos questionam a funcionalidade de uma biblioteca comunitária no centro da cidade, pois se pretende servir à população mais carente deveria estar localizada num bairro de periferia.

Nossa visão é um pouco diferente, pois o termo comunitária significa de toda a comunidade. Portanto o projeto da biblioteca pretende atender, na medida do possível, a todos que amam a literatura e os livros mas também àqueles que precisam de bibliografia para seus estudos, independente do grau de instrução, da situação financeira, de onde moram, etc. E, principalmente, visa a formação de novos leitores, ajudando-os e orientando-os nessa incrível aventura do descobrimento de um universo tão fabuloso.

Além do mais o único imóvel disponível no momento para o projeto é este mesmo. Quem sabe no futuro a biblioteca poderá expandir suas atividades para outros locais. É o que esperamos e desejamos.

O Conselho Regional de Biblioteconomia da 8ª região, instalado na capital paulista, encaminhou ofício ao prefeito José Geraldo Garcia e ao secretário da Cultura e Turismo Valderez Antonio da Silva, parabenizando a administração, após vistoria realizada na Biblioteca Pública Municipal.

A inspeção foi feita no mês de junho, por iniciativa do próprio Conselho. Na correspondência, a coordenadora da Comissão de Fiscalização, Marilúcia Bernardi, relatou: “Tivemos a grata satisfação de constatar a situação diferenciada da Biblioteca Pública de Salto, que além do fato de contar sempre com profissional habilitado, de acordo com a legislação em vigor, também recebe total apoio dessa administração, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Diante do exposto, temos o prazer de parabenizar pelo excelente trabalho realizado”.

O reconhecimento do Conselho de Biblioteconomia, segundo a Secretaria da Cultura e Turismo, vem após dois anos de esforços para recuperação do prédio que sedia a biblioteca, aquisição e melhoria de equipamentos, constante renovação do acervo e frequentes inovações por iniciativa dos servidores da repartição, como as caixas de livros enviadas ao hospital, presídio e casas de repouso, dentre outros lugares. Cita-se também o projeto Hora do Conto, que recebe estudantes para assistirem as leituras dramatizadas por atores locais, ou as tardes musicais, com músicos do conservatório, o que faz a biblioteca local encaixar-se no ideal do Conselho de Biblioteconomia, de que ela seja “um centro de informação dinâmico, multidisciplinar, capaz de interagir com a comunidade”.

Fonte: http://www.salto.sp.gov.br

Este dia 25 de julho deveria ser oferecido a todos os escritores, porém da parte da Biblioteca a homenagem vai apenas para quem se utiliza da palavra e da escrita como instrumentos de integração social e ampliação da cultura dos indivíduos e da sociedade como um todo.

 Não merecem os parabéns as pessoas e grupos que distorcem os sentidos dos discursos e dos depoimentos dos outros e se aproveitam da inocência e boa fé dos mais simples e humildes para enganá-los com falsas promessas, mantendo-os num estado de ignorância profunda, sem identidade, sem personalidade, sem cidadania enfim.

A Biblioteca Comunitária só terá sentido se for não apenas um balcão de empréstimo de livros, mas antes de tudo um ponto de encontro de quem ama a literatura e os livros e deseja compartilhar suas idéias e pensamentos, criando assim uma rede de pessoas conectadas com a finalidade de se enriquecerem culturalmente.

Significados 1

23/07/2007

O significado da imagem do site é bem simples.

Entre os tantos templates (layouts de página) disponíveis, optamos por este cujo desenho ao fundo é o de uma ponte. Acreditamos ser o objetivo principal desta biblioteca auxiliar as pessoas a transpor limites de conhecimento, ampliar seus horizontes de informação e propiciar um ambiente de troca de experiências e visões de mundo.

Que nunca venhamos a destruir as pontes que nos ligam uns aos outros!